Apresentação

21/06/2015 16:19

O Programa de Avaliação Externa da Qualidade para Testes Rápidos (AEQ-TR) é uma parceria entre o Departamento de Doenças de Condições Crônicas e Infecções Sexualmente Transmissíveis  do Ministério da Saúde (DCCI/MS) e o Laboratório de Biologia Molecular, Microbiologia e Sorologia da Universidade Federal de Santa Catarina (LBMMS/UFSC).

O programa AEQ-TR constitui um instrumento com foco educacional, não punitivo, não obrigatório e gratuito. A participação na AEQ-TR destina-se a todos os profissionais das unidades públicas de saúde que atuam realizando testes rápidos em sua rotina.  A participação permite que cada profissional dos serviços integrantes da rede do Ministério da Saúde avaliem individualmente seu desempenho perante a execução de testes rápidos. Além disso, permite que cada profissional reflita sobre os resultados obtidos nas rodadas e, se necessário, aprimore suas práticas, mantendo-se treinado e atualizado, executando corretamente os testes, a fim de produzir resultados confiáveis para os pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS).

Todo profissional que executa TR nas unidades de saúde deve participar continuamente das rodadas práticas e da rodada teórica do programa AEQ-TR de acordo com calendário anual. Nas rodadas é garantida a imparcialidade e o controle das informações dos participantes e dos seus resultados. A AEQ-TR avalia a execução dos testes realizada pelos profissionais, dessa forma, não depende do fabricante e nem dos lotes dos kits de teste disponíveis na unidade. Além disso, a AEQ-TR visa avaliar todos os profissionais que realizam testes rápidos, ou seja, todos os profissionais devem participar de todas as rodadas e não apenas quando o quadro de profissionais que realizam testes rápidos for alterado.

Dessa forma, a participação de todos os profissionais que realizam testes rápidos nas instituições é muito importante para que cada profissional possa verificar o seu desempenho, e quando necessário, corrigir as não conformidades  e, dessa forma, estar seguro de que presta o melhor serviço aos usuários do SUS.

Quando a unidade apresentar 100% de absenteísmo, a unidade terá automaticamente o número de participantes  zerados e não receberá os painéis na próxima rodada. Essa medida foi adotada para evitar novamente o desperdício de verbas públicas com painéis não utilizados. Caso os profissionais tenham interesse em participar do Programa novamente, o número de profissionais que realiza TR e que irá participar da rodada deve ser atualizado no Portal AEQ-TR.

Sejam bem vindos ao AEQ-TR!